domingo, 27 de fevereiro de 2011

Condicional




De repente olho para os meus braços e... QUEM COLOCOU ESSAS ALGEMAS AQUI? Como eu me prendi a tantas coisas sem ao menos perceber? Como eu consegui viver presa dessa forma? Não que tenha sido totalmente ruim até hoje, mas não quero mais ficar tão presa, tão sem reação, tão dependente do que me prende. Também não quero a liberdade tão nua e crua como você deve estar imaginando, creio que não saberia andar tão livre. Quero poder escolher onde me prender, quando me libertar e essas coisas todas que a liberdade condicional me proporcionou um dia.
Arranque essas algemas de mim! Jogue isso longe! E que fique claro: peço ajuda apenas porque estou com as mãos atadas.

3 comentários:

  1. seeeeeem palavras , simplesmente perfeeito !

    ResponderExcluir
  2. "Quero poder escolher onde me prender, quando me libertar"

    Aaah! Adorei Nina!

    ResponderExcluir