sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Espera?

Aguenta firme. Isso é fase.
E a minha consciência me ensinando que perder faz parte. Tenho perdido tempo, tempo demais. Odeio saber isso. E tempo faz falta, viu? Eu, assim, me vendo presa enquanto sobra estrada, sobra vontade, sobra saudade. Tenho perdido chances. Raras. Lindas. É, perdi. E o que tenho ganhado pelo outro lado não se equipara. Seu sorriso, sua mão, seu colo... Não tenho visto, mas ganhei um copo. Não tenho presenciado, mas ganhei algumas notas. Que trocas são essas? Por Deus! E não me permitem escolher, não me deixam correr para o que eu quero. O que me sobra: gritar pedindo para que me espere. Alguém dissolve o que me prende, por favor.
Aguenta firme. Isso é fase.
E vão dizer que é drama, vão dizer que é show. Não veem o baile de coisas vazias que me desorganiza por dentro. Acho até que ando perdendo a cor. E tudo isso é falta. Tenho personificado cheiros, vozes, tenho tentado me fazer menos sozinha, menos sem você. Estou perdendo coisa demais, tudo vai, sobra nada. Aguenta firme. Tem me sobrado algumas frases, alguns ecos, e me alimento de lembranças. Não tenho quase nada nas mãos, mas coloquei sua vida no papel pra ter a certeza de nunca perdê-la.
E vão dizer que é fase. Pra mim, é falta.

Um comentário:

  1. Você é fantastíca... Parabéns e saudades.
    Poia.

    ResponderExcluir